sábado, 23 de agosto de 2014

Resenha - Anjo Mecânico (The Infernal Devices #1) - Cassandra Clare


Já quero começar essa resenha expressando o quanto eu gosto da Cassie Clare; A mulher é incrível! Escreve perfeitamente, seus personagens são muito cativantes, engraçados e escondem segredos inimagináveis. Os mistérios que ela impõe em suas obras são fascinantes. O romance é arrebatador. Suas quotes são inspiradoras... Essa é minha é escritora preferida!

Vamos direto ao ponto...

Anjo Mecânico narrará a vida de Tessa Gray, uma adolescente que acaba de perder sua tia, por isso que tem que ir à Londres viver com seu irmão, Nathaniel.
Ao desembarcar, Tessa não avista seu irmão, mas sim um cocheiro e duas senhoras, Sra. Dark e Sra. Black. O inimaginável acontece: a garota é sequestrada, mantida em cativeiro, tudo por causa de um dom único e desconhecido, capaz de fazê-la se transformar numa pessoa só por tocar em um objeto de sua autoria.

Tessa não sabe ao certo o porquê de estar ali e qual o plano maluco que um tal de Magistrado quer fazer com ela.

Sua estadia no Clube Pandemônio não dura tanto, já que o Bad-boy Will Herondale (argh!) aparece e resgata a mocinha.

Junto com Will e os outros caçadores de sombras, Tessa terá que investigar ao certo o que ela é o onde está o seu irmão. Além de ter que descobrir quem é o Magistrado e o que ele quer com ela, lutar com criaturas mecânicas, escapar de um amor proibido e não-recíproco e ter que aguentar as dicas de moda de Jessamine Lovelace (minha personagem preferida até agora).

O cenário de caçadores de sombra é o mesmo da série Os Instrumentos Mortais. É um ótimo livro de abertura, talvez até melhor que Cidade dos Ossos, mas eu ainda prefiro a outra série.
A escrita da Cassie melhorou, os personagens nem tanto. Will é um novo Jace, só que um pouco melhor; Jem não me mostrou nada nesse livro, portanto não posso dizer ao certo como ele é; a Tessa é forte e confiante, diferente da Clary, mas amo as duas igualmente; Jessa é amor, Jessa é vida!

Recomendo este livro para quem já leu pelo menos Cidade dos Ossos, já que a presença de personagens e sobrenomes em comum na série são interessantes, como Magnus Bane.

Segredos. Mistérios. Aventura. Romance e tudo que se pode imaginar da mente brilhante da Cassandra Clare você encontrará nesta fantasia épica narrada na Londres Vitoriana.



sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Resenha - Cinquenta Tons Mais Escuros (Fifty Shades of Grey #2) - E L James


Contém Spoiler de 50 tons de cinza. Portanto, quem ainda não a primeira parte da trilogia, saia desta postagem e procure a outra na qual eu falo sobre ela. (Vá na página RESENHAS, aperte CTRL + F e digite 50 tons de cinza que tu achará o link da resenha. Depois é só clicar nela e se divirta lendo sobre este romance sexy e sombrio.)

"Sou apenas sensação. Isto é o que ele faz comigo: pega o meu corpo e me possui por inteira para que eu não pense em nada além dele. Sua magia é poderosa, inebriante. Eu sou uma borboleta presa em sua rede, incapaz de escapar, sem vontade de escapar. Sou dele... totalmente dele"

A separação ocorrida em 50 tons de cinza foi dura tanto para Anastasia, quanto para Christian.
Sofrendo maus bocados, Grey resolve abrir mão de tudo aquilo que fez por sua vida toda, que o tornou enigmático, sombrio e incrivelmente...sexy.
Ele então toma a iniciativa de ter um relacionamento sério com Ana, do tipo de namorados mesmo.
Mas, como toda história precisa ter um vilão, E L James trouxe à tona as ex-submissas de Christian (uma mais maluca que a outra). Outro vilão é Jack, chefe de Anastasia que quer tirar proveito da ''jovem indefesa''.

As cenas de sexo continuam à todo vapor. Eu realmente não achei que todas foram necessárias e bem-vindas. Algumas foram memoráveis, tais como a que Anastasia aceita que Christian a toque num elevador cheio de pessoas.

Com essa estabilidade no relacionamento dos dois, Steele quer descobrir os verdadeiros motivos dos 50 tons do Christian. A E L nos fala o porquê dele ser assim, mas eu confesso que não fiquei muito surpreso e chocado.

Anastasia fica pensante, claro, mas então Christian, com medo de que ela vá embora, lhe faz uma proposta que a deixa surpresa e entusiasmada, já que ela foi a primeira mulher que ele amou como namorada.

50 tons mais escuros é um pouco inferior à 50 tons de cinza. Não pelos palavrões, pelas cenas bonitinhas, mas pelas cenas de sexo repetitivas e cansativas. Alguém por favor abaixa o fogo da Anastasia!

A parte do romance e da escrita da E L não me desagradaram, pelo contrário, me fizeram ficar lendo assiduamente, tanto é que acabei esse livro de mais de 500 páginas em três dias.
Que venha 50 tons de liberdade.

Nota: 4/5

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Resenha - Cidade das Cinzas (Os Instrumentos Mortais #2) - Cassandra Clare


Hey pessoinhas! Quem não gosta de Os Instrumentos Mortais? Eu sou super-fã da série e da Cassandra Linda Clare. Enfim, a resenha de hoje será a do segundo livro da série, o Cidade das Cinzas.

Esta resenha conterá spoiler do PRIMEIRO livro da saga. Ou seja, quem ainda não leu Cidade dos Ossos saia IMEDIATAMENTE!

Clary tenta lidar com a revelação bombástica de ser irmã de Jace. E o pior: os dois serem filhos Velentim.
Mas Clary não tem tempo para pensar neste assunto, já que criaturas do Submundo estão desaparecendo do nada, ela está amando o Simon e descobriu novos dons.

A Conclave recebe mais uma visita, a da Inquisidora, uma mulher amargurada com a vida. Eis que surge mais uma preocupação: Jace é mantido preso na Cidade dos Ossos.

A Espada da Alma é roubada dos Irmãos do Silêncio, aterrorizando todos. Qual a relação das mortes das criaturas do Submundo com o furto dos Instrumentos Mortais? Quem está por trás disso? E o quê ele planeja? Será que Clary aguentará todas as revelações que seu futuro lhe reserva? E sua mãe, Jocelyn, ela ainda acordará?

Eu pensei que não poderia existir livro mais perfeito que Cidade dos Ossos. Sério, Cidade das Cinzas superou todas as minhas expectativas. Quando pensara que o livro ficaria lento, a Cassandra jogava coisas na minha cara que só um coração forte pode aguentar. 
A evolução das personagens é tremenda. Simon foi o meu preferido até agora. Mesmo por ter passado por tudo aquilo, ele ainda se encontra forte, tomando coragem para viver, sem desistir da vida. Eu ainda não gosto do Jace, e provavelmente nunca irei gostar, mas confesso que dei boas risadas com o seu sarcasmo. A Clary também evoluiu, e fiquei impressionado com sua capacidade de força e os seus novos dons.

Este livro acabou comigo. Já acreditava que a Cassandra iria bolar uma continuação surpreendente, mas não imagina tanto. Recomendo os TMI para todos os públicos. Melhor saga, melhor escrita, melhores personagens.

Nota: 5/5

domingo, 10 de agosto de 2014

Wishlist de Agosto - Especial Bienal

Olá, galera! Cá estou eu, mais um vez irritando-os com minhas postagens *risos*
Então, esse post será super especial, já que é a minha primeira Wishlist!
Acho que a maioria sabe que esse ano tem Bienal do Livro em SP, e graças à Deus eu moro na maior metrópole do Brasil e poderei ir lá.
Estou super ansioso, já que a minha primeira Bienal. Enfim, vamos ver tudo o que eu estou NECESSITANDO.





















Estes são os livros que eu QUERO e VOU comprar. Mas claro, como todo leitor, a lista de compras é imensa. Alguns adicionais são: Contos da Seleção, Cidade dos Anjos Caídos, O Códex dos Caçadores de Sombras, Terra dos Sonhos, Eleanor & Park, Assassin's Creed: Renascença e, por último, mas não menos importante, Cidades de Papel.
Lembrando, os livros que eu comprarei são esses aí que tem imagens, o resto eu vou ver se uma alma boa me dará. Eu irei dia 28/08 pra Bienal, e vocês? Algum desses livros também aparece na sua lista?
Aceito todos esses aí de cima, hein kkkk.
Nos encontramos por lá.

sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Resenha - A Rosa e o Dragão - Vanessa Pereira

''Acontecem coisas das quais não podemos fugir''


Desirée sempre foi muito unida com seus amigos. Sente afeto por cada um deles. Com sua mãe também, é claro. Conhecemos a garota quando ela está num parque, e de repente se depara com um rapaz muito charmoso, chamado Andrew.
Desirée se apaixona logo de cara. Os dois se vêem diversas vezes, até que um dia Andrew lhe conta seu segredo: ele é um vampiro.

Eu pensava que ela fosse ficar assustada, que ela fosse sair correndo e jogar alho em cima dele, mas ela não o fez. Ao contrário, ele aceitou isso numa boa, sem ao menos contestar. Andrew também revelou que precisava voltar para o seu clã, e que se Desirée quisesse ir, ela precisava ser transformada.

O clã dos Valos é realmente magnífico e assustador. Desirée não é aceita pelos vampiros, e se junta ao grupo dos Streshs.

A moça tem um sangue poderoso, o que a faz ser a rainha de todos os vampiros. A mais poderosa, capaz de lidar com qualquer um.
Todos querem o seu sangue, pois com ele qualquer vampiro fica mais poderoso.
Será que Desirée deverá confiar em alguém? Será que ela deverá temer até o seu amor mais profundo?
E os amigos de Desirée? Será que ela nunca mais irá vê-los?


A narrativa no começo foi bem cansativa e repetitiva. A história não me agradou muito nas primeiras 100 páginas. Mas, a partir do momento que Desirée é transformada, a escrita da Vanessa evolui, assim, de uma hora para a outra. 
Também não aceitei o fato de se apaixonar tão rápido por alguém, e ainda mais aceitar carona de um estranho no meio da madrugada.

Recomendo muito. O final foi surpreendente, surreal. Não imaginava que a história tomaria aquele rumo totalmente brilhante e inovador. 
Um dos pontos mais interessantes é que ninguém é bonzinho. Todos são vilões, todos têm seus segredos mais sombrios, e todos são influenciados pelo poder facilmente.

Ainda estou chocado com algumas mortes. Não aceitei algumas, já outras foram essenciais. Também achei que a Vanessa colocou muitos personagens desnecessários.

Enfim, se tu quiser uma trama envolvente, cheia de mistérios, que contenha vampiros e até anjos-caídos, leia A Rosa e o Dragão. Prometo que não irá se arrepender.

Por último eu queria agradecer à autora da obra, por ter enviado-a até mim. Em breve farei um sorteio de um exemplar autografado e com 2 marcadores inclusos.

Nota: 3,5/5



segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Resenha - O Projeto Rosie - Graeme Simsion

Oi, gente! Estou aqui para resenhar o livro vencedor da enquete! Ele será O Projeto Rosie!



Sério, esse livro não é o meu preferido. Não é aquela coisa magnífica, que faz você ficar horas lendo. Mas merece toda admiração possível.

Eu não conhecia conhecia o autor, e nunca li uma obra de um australiano.
Confesso que me impressionei bastante, já que é um romance. Um típico romance.
É meio clichê sim. Parece aquelas comédias românticas americanas, mas muito melhor...

Don Tillman, um professor de genética, compulsivo pela ciência e pela organização, ainda não tem namorada. Ele já tem 30 anos e apenas um pequeno número de amigos, formado por Gene, professor na mesma universidade de Don, e Claudia, psicóloga e melhor conselheira do mundo.

Para solucionar o problema do relacionamento, Don resolve criar o projeto esposa, no qual as mulheres respondem à um questionário e o Don se encontra com as mais ''aptas'' à ele.

Por ironia do destino, ele conhece a Rosie, diferente do estilo de mulher que Don quer.

Ela é descartada facilmente, mas Tillman ainda mantêm contato, já que irá ajudá-la no Projeto Pai.

A união dos dois é tão bonita. Podemos perceber que um faz bem para o outro. Rosie incentiva Don à ter grandes pequenas emoções; Rosie foi incentivada a ser mais organizada.

Como disse, eu gostei bastante da história. Recomendo para quem quer ter uma leitura leve, sossegada e bem-humorada!

Enfim, até a próxima!

sábado, 2 de agosto de 2014

Séries - Salem - WGN America

Título: Salem
Gênero: Terror/Suspense
Episódios: 13 (1ª temporada)


Enredo:

A série é ambientada em Salem, nos Estados Unidos do século 17 e acompanha John Alden, um guerreiro que retorna após 7 anos e descobre que a cidade está em meio a uma grande histeria de bruxas, enquanto Mary, um amor do passado de John, é uma das principais e muito poderosa bruxa do coven.

Salem irá acompanhar a história das bruxas da famosa cidade do estado de Massachusetts, nos EUA. 

Mary, uma jovem apaixonada, descobre que está grávida num dos tempos mais difíceis de Salem. Ela namora John Alden, um soldado que parte para a guerra e a deixa sozinha.
Com medo de receber castigos físicos por ter mantido relações sexuais sem ser casada e não poder cuidar da criança, já que há uma grande possibilidade de John não voltar,  Mary toma a decisão - influenciada por Tituba - de entregar seu filho à uma força sobrenatural em troca de poder.

7 anos se passaram e as bruxas dominaram Salem.

Todos estavam muito assustados, já que ninguém sabia quem era bruxo e quem não era.
Mary, agora Sibley, se tornou mulher do prefeito da cidade e uma bruxa poderosa.
Está a fim de completar o Grande Rito, mas para isso precisa matar 13 inocentes,
A Igreja, com medo, condenava à fogueira qualquer um com ações suspeitas, até a chegada de Cotton, um reverendo filho de um reverendo, mas que têm medo de seu pai.
John Alden também voltou, para a surpresa de Mary e do resto da população.

Será que Mary fará o designado à ela ou ficará com os sentimentos à flor da pele, já que sua grande paixão está viva?


A evolução das personagens é muito bem retratada. Quem pensávamos ser inocente na verdade era um bruxo ou uma bruxa poderosa, sem amor, compaixão, afeto (nem mesmo pelos pais).


Crises, emoções, torturas, luxúria, satanismo: tudo numa única série arrebatadora. Com certeza se tornou uma das minhas séries queridinhas de 2014.

A série retrata muito bem o cenário vitoriano. As atuações foram impressionantes, dando destaque à Janet Montgomery (Mary Sibley), Shane West (John Alden) e Tamzin Merchant (Anne Hale).

Salem teve uma ótima recepção. Logo no primeiro episódio já teve mais de um milhão e meio de telespectadores. Também foi atualizada para uma segunda temporada logo após a exibição do capítulo 2.

Recomendo pra quem tem coragem e um estômago forte. Salem não é pra quem não gosta de coisas excêntricas, sangue, sexo e bruxaria.
Ansioso para a segunda temporada!

Elenco de Salem na Comic Con 2014